REPRODUÇÃO EM CARPAS

 

2.1 Meio Natural

-         -         Como se desenrola o ciclo reprodutivo nas Carpas?

-         -         Factores que afectam o desenvolvimento das gónadas: Temperatura da água, disponibilidade de alimento, fotoperíodo, quantidade de oxigénio dissolvido.

-         -         A desova final é dependente da libertação de hormonas gonadotrópicas. Estas são activadas pela glândula pituitária e estimuladas pelas gónadas.

-         -         A luz, temperatura, presença do macho e vegetação são factores essenciais para a libertação das hormonas.

-         -          

-         -         Quando é que as carpas desovam?

-         -         Nas zonas temperadas a desova ocorre, normalmente, na Primavera. Nestas zonas, a maturidade atinge-se dentro dos 2 anos. Em contrapartida, nas regiões de temperatura mais elevada o crescimento é mais rápido e uma fêmea com 0,8 - 1 kg pode desovar já no primeiro ano de vida, mas esses ovos não devem ser aproveitados para produção de reprodutores porque os alevins deles nascidos não serão de alto padrão (devem antes ser aproveitados para consumo).  Os machos são ainda mais precoces, atingindo também a maturidade sexual no primeiro ano (quando têm 500 - 600g). Mas apenas devem ser usados para reprodução com 2-5 anos.

-         -         Embora o tamanho médio dos ovos seja de 1,3-1,7mm de diâmetro, as fêmeas de maior idade produzem ovos maiores.

-         -          

-         -         Como é que as carpas desovam?

-         -         Nesse momento macho e fêmea nadam lado a lado e quando os ovos são libertados para a água são rodeados pelo esperma. Este é geralmente libertado para a vegetação em águas paradas, e os ovos aderem às folhas e raízes das plantas adjacentes (uma vez que são mais pesados que a água, os que não se fixarem a nenhum substrato e caírem ao fundo não se desenvolverão, morrendo por falta de O2 ou devorados pelas próprias carpas ou outros predadores, peixes ou não). Usualmente um espermatozóide entra pelo micrópilo fertilizando o ovo. O micrópilo encerra, o ovo absorve água, aumentando o seu volume. Além disso, após fertilizado, os ovos desenvolvem uma película com substância adesiva, que permite a sua aderência à vegetação. O período de incubação dos ovos varia de acordo com a temperatura. Entre 18 e 20 ºC e num período de 4 a 6 dias ocorre a eclosão dos ovos (3 dias a 22ºC).

-         -          

 


 

 


-         -         Como se desenvolve a larva de carpa?

-         -         Após a eclosão, a própria larva adere à vegetação através de uma ventosa na sua cabeça, enquanto absorve o saco vitelino e continua o seu desenvolvimento (por exemplo, formação da boca). A absorção do saco vitelino dura 4 a 5 dias, sendo seguido pela movimentação das larvas até à superfície, nesta altura a bexiga natatória incha, começando também a fase da alimentação exógena - zooplâncton e protozoários. Começa agora a fase de alevim. 

 


 

 


[primeira página] [introdução] [reprodução natural] [reprodução artificial] [hiperligações]